Virgílio Lopes Rodrigues

 

Recife, PE, 1863 - Rio de Janeiro, RJ, 1944.

 

Pintor.

 

Estuda na colônia agrícola Frei Caneca, em Pernambuco, dirigida por religiosos. Antes de completar 20 anos de idade, transfere-se para o Rio de Janeiro com a intenção de matricular-se no Colégio Militar, intuito frustrado devido a uma enfermidade. Nessa cidade, dedica-se ao comércio de arte, trabalhando no escritório do leiloeiro Joaquim Dias dos Santos, por ocasião da dispersão dos bens da Família Imperial em 1890. Organiza em 1893, ao lado de Eduardo de Sá (1866-1940) e Décio Villares (1851-1931), uma exposição no antigo Paço da cidade do Rio de Janeiro, em benefício do projeto de criação de uma Academia Livre de Belas Artes. No dia de abertura, a exposição é malograda pela eclosão da Revolta da Armada e a Academia não chega a funcionar. Organizando a exposição, Rodrigues toma conhecimento do trabalho de Santa-Olalla (1870-1895), pintor espanhol residente no Rio de Janeiro, com o qual passa a tomar lições de pintura e estabelece estreita amizade. Por incentivo do pintor, frequenta, em meados de 1894, o Liceu de Artes e Ofícios do Rio de Janeiro. Torna-se um leiloeiro conhecido, dedicando-se paralelamente à pintura. Mantém uma barraca na praia de Copacabana, com materiais para a produção de pinturas, onde recebia artistas como Manuel Faria, Gastão Formenti, Vicente Leite e Artur Lucas, pintores com os quais realiza, em 1926, a Exposição dos Cinco. Apoia a carreira de artistas como Santa-Olalla e Oswaldo Teixeira. Em 1897 participa de sua primeira Exposição Geral de Belas Artes, seguida de muitas outras, chegando a obter a grande medalha de prata na Exposição Geral de 1930.

 

Exposições Coletivas

  • 1897 - Rio de Janeiro RJ - 4ª Exposição Geral de Belas Artes, na ENBA

  • 1901 - Rio de Janeiro RJ - 8ª Exposição Geral de Belas Artes, na ENBA

  • 1902 - Rio de Janeiro RJ - 9ª Exposição Geral de Belas Artes, na ENBA

  • 1903 - Rio de Janeiro RJ - 10ª Exposição Geral de Belas Artes, na ENBA

  • 1904 - Rio de Janeiro RJ - 11ª Exposição Geral de Belas Artes, na ENBA

  • 1905 - Rio de Janeiro RJ - 12ª Exposição Geral de Belas Artes, na ENBA

  • 1916 - Rio de Janeiro RJ - 23ª Exposição Geral de Belas Artes, na ENBA

  • 1917 - Rio de Janeiro RJ - 24ª Exposição Geral de Belas Artes, na ENBA

  • 1918 - Rio de Janeiro RJ - 25ª Exposição Geral de Belas Artes, na ENBA

  • 1923 - Rio de Janeiro RJ - 1º Salão da Primavera

  • 1923 - Rio de Janeiro RJ - 30ª Exposição Geral de Belas Artes, na ENBA - menção honrosa de 2º grau

  • 1924 - Rio de Janeiro RJ - 31ª Exposição Geral de Belas Artes, na ENBA

  • 1925 - Rio de Janeiro RJ - 32ª Exposição Geral de Belas Artes, na ENBA

  • 1926 - Rio de Janeiro RJ - 1º Salão de Outono

  • 1926 - Rio de Janeiro RJ - 33ª Exposição Geral de Belas Artes, na ENBA - menção honrosa de 1º grau

  • 1926 - Rio de Janeiro RJ - Exposição dos Cinco

  • 1927 - Rio de Janeiro RJ - 34ª Exposição Geral de Belas Artes, na ENBA - medalha de bronze

  • 1928 - Rio de Janeiro RJ - 35ª Exposição Geral de Belas Artes, na ENBA

  • 1929 - Rio de Janeiro RJ - 36ª Exposição Geral de Belas Artes, na ENBA

  • 1930 - Rio de Janeiro RJ - 37ª Exposição Geral de Belas Artes, na ENBA - pequena medalha de prata

  • 1933 - Rio de Janeiro RJ - 39ª Exposição Geral de Belas Artes, na ENBA

 

Exposições Póstumas

  • 1944 - Rio de Janeiro RJ - 50º Salão Nacional de Belas Artes, no MNBA

  • 1980 - Rio de Janeiro RJ - Mostra Grandes Marinistas Brasileiros

  • 1982 - Rio de Janeiro RJ - Exposição organizada pela Galeria de Arte Ipanema

 

Rua Cel. Bordini, 907 - Fone: (51) 3330.4763 - Moinhos de Vento - Porto Alegre/RS - 90440-001

e-mail: karam@saladearte.com.br

 

Horário de Atendimento: Segundas às Sextas - 09:00 às 12:00 e das 14:00 às 19:00 - Sábados: 09:30 às 13:00

 

  • Facebook
  • Google+
  • Instagram
  • Whatsapp

 

(51) 98462.7518