Ottone Zorlini

 

Gorgo al Monticano, Treviso, Itália, 1891 - São Paulo, SP, 1967.

Foi um pintor, escultor, desenhista, ceramista ítalo-brasileiro. É pai do também pintor Giancarlo Zorlini.

De família humilde, era o sexto dos sete filhos de Dona Ida Pigatti, a "Nononna". Quando ele tinha oito anos, a família transferiu-se para Treviso.

Fez seus estudos elementares na sua cidade natal e depois cursou a Scuola di Plastica - Scuola Serale e Dominicale em Treviso, 1909. Mais tarde, fez os cursos noturnos de artes plásticas de Veneza, incluindo o curso de Modelo Vivo.

Trabalhou como ajudante no ateliê do famoso escultor e ceramista Caccapuoti, em Treviso. Mais tarde abriu seu próprio ateliê em um local conhecido como Stallo al Turco.

Fez uma série de retratos e maquetes, com o intuito de concorrer a monumentos que eram criados pelo próprio governo italiano para serem colocados em praças públicas.

Transferiu-se na década de 1920 para a cidade de Gênova, montando seu próprio ateliê em "Bocadasse". Em 1924, retornou à cidade de Treviso. Em 1927, devido à presença maciça da colônia vêneta na cidade de São Paulo, viajou para o Brasil. Realizou e venceu a concorrência erguendo, na represa de Guarapiranga (Santo Amaro) o Monumento aos Heróis da Travessia do Atlântico. Tal monumento, na década de 1980, foi transferido para a Avenida Brasil esquina com Avenida Europa, na cidade de São Paulo.

Monumento executado em 1927 por Ottone Zorlini, em homenagem aos aviadores italianos na Travessia do Atlântico. Atualmente encontra-se na Av. Brasil, em São Paulo.

Voltou para a Itália, casou-se, retornando ao Brasil em 1929.

Em 1949, voltou à Europa trazendo na bagagem dezenas de quadros a óleo, apontamentos, e desenhos. Aproveitou para rever museus, galerias e amigos.

Em 1933, instalou-se na travessa Graz, entre a avenida Brigadeiro Luís Antônio e rua Asdrúbal do Nascimento, em São Paulo. Foram anos de intensa produção, de grandes obras, figuras femininas, animais e retratos. Alguns túmulos foram executados nos vários cemitérios de São Paulo. Concorreu a vários projetos.

Ao mesmo tempo, sua vida girou em torno de seus amigos pintores, retratando os arredores de São Paulo, os bairros da Vila Pompéia, Canindé, Várzea do Tietê, Cambuci, litoral paulista e interior do estado.

Deixou este ateliê para ceder espaço à futura avenida 23 de Maio. Transferiu-se então para a Rua Capote Valente, em Pinheiros, continuando e executando grandes obras.

Anos mais tarde, construiu em sua residência, na rua Cristiano Viana, o ateliê definitivo.

Na década de 30, fazia parte de um grupo de pintores que frequentavam as sessões de modelo vivo, como Volpi, Mário Zanini, Penacchi e outros. Frequentador e expositor dos Salões Oficiais do Estado de São Paulo, Salões do Sindicato de Artistas Plásticos de São Paulo, do Salão Nacional de Belas Artes no Rio de Janeiro, e do Salão Paulista de Arte Moderna.

Na década de 60, com os amigos Vittorio Gobbis, Mário Zanini, Ângelo e João Simeone, Penacchi, Bonadei, participava ativamente da vida artística paulistana. Com o filho Giancarlo, passou a viajar e conviver com Pellegatta, Carnelosso, Guido Tótoli, João Simeone, José Procópio de Moraes.

  

Exposições Individuais

  • 1923 - "Ca Pesaro" - Venezia, Itália

  • 1925 - "VI Mostra D´Arte Trevigiana" Salone del 300 - Itália

  • 1926 - "Exposição de Pintura e Escultura de Ottone Zorlini" - Treviso - Itália

  • 1936 - "Exposição de Pintura e Escultura" - Rua José Bonifácio, 217, São Paulo

  • 1937 - "Pintura e Escultura" - Palácio das Arcadas - São Paulo

  • 1965 - "Galeria São Luiz" - Pinturas - São Paulo

  • 1965 - Galeria "La Ruche" - Terracotas

  • 1975 - "Retrospectiva do Museu de Arte Moderna de São Paulo"

  • 1978 - "Pinturas e Esculturas" - "A Galeria" - Rua Haddock Lobo - São Paulo

  • 1991 - "Centenário de Nascimento de Ottone Zorlini" - Pinacoteca do Estado de São Paulo

  • 1997 - "Retrospectiva de Ottone Zorlini" - Casa das Artes Plásticas "Miguel Dutra" - Piracicaba - São Paulo

  

Coletivas

  • III Mostra D´Arte Trevigiana - Treviso - Novembro de 1922

  • Catálogo della XIV mostra di "Ca Pesaro" - Venezia - Itália - 1923

  • V Mostra D´Arte Trevigiana - Palazzo Provera Conegliano e Treviso - Itália - 1924

  • XIV Esposizione Internazionale D´Arte della Citta di Venezia - Bienal de Veneza - Itália - 1924

  • IV Esposizione D´Arte delle "Tre Venezie" - Salone della Ragione - Padova - Itália - 1926

  • II Mostra Provinciale D´Arte Conteporanea - Trevizo - Palazzo CCC - Novembro de 1954

  • Collezionismo Privato a Treviso - Dipinti Veneti inediti 800-900 - Camera CCIAA - década de 70

  • Salão Oficial de Belas Artes do Estado de São Paulo - Expôs do primeiro salão (1934) até o salão do IV Centenário (1954) - São Paulo

  • Participante ativo dos salões do Sindicato de Artes Plásticas de São Paulo

  • Participante do Salão Nacional de Belas Artes - Rio de Janeiro - 1938, 1939 e 1940

  • Salão Paulista de Arte Moderna - São Paulo - Dos anos 1957 a 1954

  • III Salão da Sociedade Paulista de Belas Artes - São Paulo - 1937

  • Galeria de Arte Itá - São Paulo - Pintores Paulistas Contemporâneos - Abril de 1956

  • 2° Salão do Trabalho - Folha de S.Paulo - 1963

  • "Sociarte" - Clube Atlético Monte Líbano - São Paulo - Anos 1983, 1984, 1985 e 1986

  • Pintores Italianos no Brasil - Museu de Arte de São Paulo - MASP

  • "Marinhas e Ribeirinhas" - Museu Lasar Segall - São Paulo

  • Comemoração dos 448 anos da cidade de São Paulo - Pinacoteca do Estado

  • Museu Afro-Brasileiro - Ibirapuera - "O Negro nas Artes Plásticas" - 2009

 

Rua Cel. Bordini, 907 - Fone: (51) 3330.4763 - Moinhos de Vento - Porto Alegre/RS - 90440-001

e-mail: karam@saladearte.com.br

 

Horário de Atendimento: Segundas às Sextas - 09:00 às 12:00 e das 14:00 às 19:00 - Sábados: 09:30 às 13:00

 

  • Facebook
  • Google+
  • Instagram
  • Whatsapp

 

(51) 98462.7518